LabExposed

BSD, Linux e software livre em geral.

Flash 10 Com Sucesso No FreeBSD

| Comments

adobe-flash-player-logoEste artigo vai detalhar o processo de configuração de um FreeBSD para fazer rodar nosso amigo Flash, hoje estritamente necessário para um sistema operacional que venha efetuar a função de um Desktop com navegação à internet.

O problema que nossa amiga Adobe não disponibilizou uma versão nativa do Flash 10 para plataforma BSD e/ou ainda não liberou o código fonte do player para portar para outros ambientes. Mas nosso amigo poderoso FreeBSD têm uma ferramenta característica infalível que é a de criar um ambiente de compatibilidade com o mundo do pinguim, onde a Adobe disponibilizou a versão do player do Flash 10 para Linux.

Colocando a mão na massa !

Para este tutorial, estarei usando a versão 8.0 RC-1 do FreeBSD, mas se aplica também às versões anteriores da familia 7.x (stable ou release)

Começaremos a instalar o ambiente de compatibilidade Linux, verifique antes se já existe alguma versão do pacote linux_base instalada no sistema, se existir, remova-a com o comando pkg_delete:

pkg_info | grep linux_base
linux_base-xxxxx
pkg_delete linux_base-xxxxx

Nós vamos fazer a instalação do linux_base-f10:

cd /usr/ports/emulators/linux_base-f10
make install clean

Ele vai instalar uma serie de pacotes para configuração minima de um ambiente Linux baseado no Fedora Core 10, não se assuste com o número de arquivos RPM e com as inumeras tentativas de conexão de repositórios. É assim mesmo… ele vai criar um ambiente ROOT minimo para rodar aplicações compiladas para bibliotecas Linux.

É necessario fazer a configuração de inicialização da ABI Linux no kernel do FreeBSD, para isso, basta executar o seguinte comando:

echo 'linux_enable="YES"' >> /etc/rc.conf

Para levantar o modulo no kernel de forma manual, sem precisar reiniciar o sistema, execute:

kldload linux

Precisamos ainda montar o PROC para Linux:

echo "linproc         /usr/compat/linux/proc linprocfs rw 0 0" >> /etc/fstab
mount -a

Passada essa etapa, vamos instalar outro pacote importante para o funcionamento do Flash 10 no Freebsd:

cd /usr/ports/net/linux-f10-openldap/
make install clean
cd /usr/ports/www/nspluginwrapper/
make install clean

Agora vamos à instalação do linux-flash10:

cd /usr/ports/www/linux-f10-flashplugin10/
make install clean

A partir daqui, vamos configurar o plugin do flash funcionar nos navegadores:
rode o seguinte comando para instalar o flash:

/usr/local/bin/nspluginwrapper -a -v -i

Ele vai criar um link simbólico do plugin do flash no diretório /usr/local/lib/browser_plugins

Daí é abrir o broswer e verificar com a url “about:plugins” a disponibilidade do flash plugin.

Um detalhe importante: Para quem instalou o Firefox 3.x, verá que não funcionará o plugin, pois o diretório de plugins a partir da versão 3 fica em outro lugar: /usr/local/lib/firefox3/plugins/

Para isso, crie um link simbólico lá para o plugin:

cd /usr/local/lib/firefox3/plugins/
ln -s /usr/local/lib/browser_plugins/npwrapper.libflashplayer.so

Pronto ! agora você poderá ver seus vídeos no Youtube sussegado.

Abraços

Comments